Este processo utiliza as marcações de entrada e saída para apurar a frequência dos alunos como Presença, Atraso ou Falta, de acordo com as configurações do Tipo de horário definido para a turma.

Atenção: A hora configurada no computador que fizer a Apuração não interfere no seu resultado, porque o horário do servidor do banco de dados é considerado no processamento.

O esquema a seguir ilustra com mais clareza o conceito de Apuração: 

As imagens abaixo mostram no SIGA os dados que foram explicados neste exemplo:


Marcação de entradas às 07h15


Entrada da M1 configurada às 07h20



Apuração realizada como “Presença”


Para visualizar a Apuração acesse “Frequência > Apuração de frequência”.


No início do dia é esperado que a pesquisa de Apuração esteja praticamente vazia, pois este é um processo que deve ser feito após o encerramento da entrada de alunos. A proposta de uso desta ferramenta é que a Apuração seja feita diariamente, para que sejam enviadas as notificações para os responsáveis no momento da ocorrência, embora a Apuração possa ser realizada também para períodos anteriores.

Ainda com base no exemplo dado acima, quando o aluno entrou às 07h15 o SIGA fez uma Marcação, mas não a Apuração ainda. Para validar esta entrada, confrontando com o Tipo de horário configurado, para que ela resulte em uma Presença é necessário fazer a Apuração conforme será explicado a seguir.



Na tela de Apuração de frequência clique em “Efetuar Apuração”, e será aberta uma janela onde vai ser definida a Apuração a ser efetuada. Depois de selecionar o que será apurado clique em “F5-Confirmar”.


Explicações sobre cada campo:

1.       Turmas

  • Exibe as turmas que foram definidas nos filtros da tela anterior, a de Apuração de frequência.

2.       Período da Apuração

  • É o intervalo de datas cuja frequência será apurada. Lembre-se que a utilização regular desta tela é que sejam apuradas as frequências de hoje, e é por isso que o sistema já sugere a data atual nos dois campos.

3.       Ignorar os sábados, domingos e feriados

  • Quando estas opções estão marcadas significa que o sistema não irá apurar frequência nesses dias;

  • O SIGA já reconhece o calendário ocidental, portanto identifica automaticamente sábados e domingos, mas os feriados devem ser configurados em “Tabelas > Tabelas do sistema > Feriados” para que sejam ou não considerados neste processamento.

4.       Manhã M1, Tarde T1 e Noite N1



  • Devem ser usadas estas opções quando somente a primeira aula do turno tiver que ser apurada, por exemplo, quando o aluno tiver só uma definição de frequência por dia, ao invés de uma para cada aula ou disciplina.


Recapitulando

  • A tabela de Marcações contém os dados recebidos dos Coletores;

  • Antes de a Apuração ser feita a tabela de Apuração de frequência estava em branco;

  • Depois da Apuração ela passou a exibir o resultado apurado.


Depois de efetuar a Apuração a Escola já pode utilizar os dados obtidos em algumas rotinas, que são o envio de notificações para os responsáveis dos alunos e a alteração do resultado da Apuração, quando necessário. Esses processos serão apresentados neste documento, mas antes vamos comentar as opções de filtros que podem ser aplicados para utilizar eles.




Explicações sobre cada campo:

  1. Sigla da turma

    1. Não utilize este campo para refinar a busca, pois ele será preenchido automaticamente se for definida somente uma turma, portanto é normal se permanecer em branco.

  2. Período

    1. Serve para limitar a consulta de Apuração a um período ou ano letivo, por exemplo, 2015, 2015.2, etc.; 

    2. A realidade de uso mais comum deste filtro é buscando apurações no período corrente. O período mais recente é sugerido ao abrir esta tela.

  3. Curso

    1. Limita a consulta somente às séries e turmas do curso selecionado, por exemplo, somente o Ensino Médio. Também é possível fazer a busca em todos os cursos de uma vez.

  4. Série/Esporte

    1. Igual ao campo anterior. Permite selecionar uma série ou todas vinculadas ao curso selecionado, por exemplo, somente a 3ª Série do Ensino Médio; 

    2. Este campo não estará habilitado se um curso não estiver definido.

  5. Turma

    1. Serve para limitar a pesquisa somente a uma turma ou todas associadas à série selecionada, por exemplo: A – Manhã; 

    2. O filtro por turma só será habilitado se uma série estiver selecionada.

  6. Turno

    1. Permite restringir a pesquisa em função do turno vinculado às turmas (manhã, tarde, noite, etc.); 


    1. Este campo pode ser utilizado mesmo que não tenham sido filtrados curso, série e turma; 

    2. Por exemplo, para visualizar a Apuração geral somente das turmas que possuem o turno da manhã definido deixe marcadas as opções “Todos(as)” nos filtros de curso, série e turma, e a opção “Manhã” no turno.

  1. Apurações

    1. Filtrar por apurações significa restringir a pesquisa somente por Presença, Atraso, Falta, ou Atraso ou Falta; 

    2. Este filtro é especialmente útil nos processos que vamos explicar mais adiante, pois normalmente a intenção da Escola é notificar os responsáveis de alunos que tiveram Atraso ou Falta; 

    3. Da mesma forma, a necessidade mais comum de ajuste manual de Apuração é para alterar situações de Falta para Atraso, por exemplo, no caso de uma exceção concedida.

  2. Aula

    1. O filtro de aula permite que sejam exibidas somente apurações de uma aula específica, por exemplo, só a M1, T2 ou N3;

    2. A utilização mais comum deste filtro é a pesquisa pela primeira aula do turno, para Apuração, notificação ou ajuste.

  3. Intervalo de data para frequências apuradas

    1. Ao utilizar um intervalo de datas só serão exibidas apurações que foram resultadas de marcações daqueles dias;

    2. Para pesquisar um dia específico informe a mesma data nos dois campos;

    3. Ao entrar na tela o sistema sugere a data de hoje, pois esta é a realidade de uso comum.


Reforçamos que esta ferramenta além de automatizar o envio de dados para o Diário de Classe e para a Planilha de Notas pode servir como registro para consulta de apurações realizadas e também para selecionar realidades específicas, com o objetivo de executar as rotinas de notificação e alteração de apurações.



Veja abaixo alguns exemplos práticos de utilização dos resultados da Apuração de frequência:


Vamos explicar a seguir os demais processos decorrentes da Apuração de Frequência.