1. Entre em Utilitários > Parâmetros > Parâmetros do núcleo financeiro.

2. Todos os eventos devem ser mapeados para o plano de contas, utilizando apenas contas do tipo analítico.

  • Indique quais contas do plano de contas devem ser associadas aos eventos padrão do contas a receber (Multa recebida, Recebimento a maior, etc).
  • Indique quais contas do plano de contas devem ser associadas aos eventos padrão do contas a pagar (Multa paga, Desconto obtido, etc).
  • Indique o "Número da conta contábil Antecipação de Clientes"
    • Necessária para que o sistema possa apropriar corretamente os valores recebidos mas cujo faturamento ainda é futuro (exemplo: responsável pagou em dezembro uma mensalidade com competência janeiro do ano seguinte).
3. No campo "Cheques emitidos devem ser compensado automaticamente após a emissão?" analise se a escola utilizará a compensação automática e marque a opção, caso contrário, após a emissão do cheque será necessário fazer a compensação manual no sistema com base no extrato bancário.



Consequências da configuração


Todas estas configurações são utilizadas automaticamente pelo sistema durante diversas operações. Por exemplo: Temos a liquidação de um título de cobrança que cobra R$ 100,00 do serviço “Mensalidade EF 1º Ano” e R$ 30,00 do serviço “Mensalidade Natação” e que está em atraso, cobrando R$ 5,00 de multa e R$ 2,30 de juros.

Ao efetuar a liquidação o sistema irá gerar um lançamento financeiro  de entrada de R$ 137,30 com o seguinte rateio:

  3.1.2. Mensalidades escolares- R$ 100,00
3.1.4. Esportes - R$ 30,00
3.2.1. Multa recebida - R$ 5,00
  3.2.2. Juros recebidos            - R$     2,30

As duas primeiras contas do plano de contas são identificadas no cadastro de serviço e as duas últimas vêm das configuração feitas nesta tela de parâmetros.