Não, pois mesmo com todos os benefícios do PIX, ele ainda não é recomendado para o cenário em instituições de ensino em substituição ao boleto bancário.


Estes são os dois principais motivos:


O PIX só possui uma data para vencimento

O Banco Central (BACEN) ainda não implementou no PIX o cenário onde se consegue trabalhar com várias datas de vencimento/pagamento, como é possível no boleto.


Ou seja, para instituições que concedem descontos de antecipação, ou mesmo desconto posterior ao vencimento, será sempre apresentado o valor de pagamento com referência à primeira data prevista para pagamento, sendo o dia do primeiro desconto vinculado à cobrança.


Além disto, o QR Code fica indisponível para uso a partir desta mesma data, não permitindo mais o pagamento, o que geraria dúvidas e excesso de atendimentos.


O PIX não calcula juros e multas posteriores ao vencimento

Assim, quando o responsável tentar pagar usando o QR Code após o vencimento não será calculado nem adicionado ao valor do documento as tarifas de juros e multas, acarretando inconsistências nos pagamentos.



Assim, mesmo entendendo que o PIX é um ótimo meio de pagamento, ele ainda não está preparado para atender as necessidades e cenários que o boleto tradicional atua.


O Banco Central planeja liberar uma atualização no PIX que solucionará os pontos destacados acima e que está prevista ainda para 2021. Tão logo isto aconteça, a Activesoft trabalhará para trazer esta forma de pagamento para seus clientes!